Você está aqui > Home > Boas Viagens > Muito mais que looks do dia

28

out

2016

disney-malas

Muito mais que looks do dia

Lá em 2014, fiz um post contando a vocês todo o processo de pensar e de fazer uma mala para viajar. Em setembro, dividi por aqui dicas para fazer uma mala rápida com destino a uma miniférias de verão. Agora, chegou a vez de mostrar um pouquinho como fiz para arrumar nossas bagagens

Hoje, vamos falar um pouco sobre fazer mala para viagens longas, que muita gente me pergunta. Eu confesso que tenho um pouco de medo de achar que está faltando alguma coisa, porque, quando olhamos a quantidade de peças, dá aquela sensação de “ai, meu Deus, será que vai dar?!”.

Vale lembrar que aqui eu tenho o serviço de lavanderia (serviço não né, rs, tenho a máquina de lavar e a secadora). Isso também é importante observar, porque, se você tiver essa estrutura, dá tranquilamente para levar menos peças e ir lavando as roupas conforme ficam sujas. Já, se você for ficar em hotel, vale a pena levar peças a mais.

Geralmente, a parte de baixo a gente consegue reutilizar (se bem que viajando com crianças isso fica meio difícil rs). Mas, caso seja uma viagem a sós, uma dica é levar uma quantidade reduzida de calças/shorts/saias e caprichar mais na parte de cima.

Para nos ajudar, pedi para nossa super Rachel fazer uma tabelinha das quantidades de cada coisa. Antes dela me mandar, já tinha separado as roupas em cima da cama (quem me segue há mais tempo sabe que tenho esse hábito), e, quando vi a tabela, quase tudo bateu! Tô aprendendo direitinho, né, Rachel? rs

planilha-malas

 

Eu trouxe de excesso um casaco mais quentinho a mais para cada criança. Nossas malas tiveram que ser pensadas em uma estação mais fria (aqui nos Estados Unidos estamos no outono) e, no fim do dia, sempre cai a temperatura.

Para o Luigi, fora da tabela, trouxe mais calças, porque ele tá perdendo as roupas muito rápido. Como vamos ficar um mês fora, trouxe quase tudo dele de outono, para não correr o risco de chegar no Brasil e ter perdido todas as roupinhas.

Lembrando: cuidado com o excesso de bagagem! Há companhias aéreas que não te dão a opção de pagar pelo excesso, eles simplesmente não permitem que a mala embarque. Isso aconteceu na minha lua de mel: tive que deixar a mala lá e ela veio de container. Depois de dois meses, tive que buscá-la na polícia federal do aeroporto e perdi quase umas 7 horas nesse processo todo. Bom, sempre vale checar as regras da companhia e do destino para o qual você está viajando.

Além disso, também temos que deixar um espaço para o que compraremos durante a viagem, as lembrancinhas para família… Enfim, por isso o título desse post: fazer malas é muito mais do que looks do dia!

É isso, meninas. Espero que, se vocês forem viajar no fim do ano, essas dicas sirvam para ajudar vocês. A dra. Érica me disse que super funcionou para ela quando foi para Cuba, um destino que o limite de peso era pequeno.  Qualquer dúvida ou sugestões lembrem de deixar nos comentários.

Um beijo nosso da terra do Mickey!

 

3 Comentários

  1. Nicole disse:

    Amei o Post. Estou com indo dia 19/11 com Meus dois filhos, o Lucca de 4 anos e o Enrico que estará com 10 meses. Em relação ao Lucca estou bem tranquila pois já viajamos várias vezes com ele mas o Enrico será sua 2ª viagem e não fazia ideia de como arrumar a mala! Obrigada Elaine

Comentar

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>