Você está aqui > Home > Boa Mãe > Chá de bebê do Vittorio

23

nov

2017

Chá de bebê do Vittorio

Eu sempre falo o quão transformadora é a maternidade. Por aqui, cada bebê trouxe mudanças e reflexões diferentes. E, embora essa seja a terceira gestação, ela é única e foi inédita em muitos aspectos – como, por exemplo, o mal estar absurdo que senti nos primeiros meses.

Acredito que a maior transformação que o Vittorio me trouxe foi voltar meu olhar para aquilo que é simples e, ao mesmo tempo, belo. Simplificar. Eliminar os excessos, tudo aquilo que em nada me acrescenta. Olhar para as raízes, valorizar o genuíno, se encantar com o natural.

Eu acredito que, quando mexemos em algo em qualquer área da nossa vida, as outras acabam sendo impactadas também. Por isso, é claro, o chá do meu terceiro filho transmitiu exatamente essa energia gostosa e intensa. Antes de começar a pensar em decoração, cardápio etc, defini um lema: fazer do simples o belo e, do velho, o novo.

Essa foi uma forma que encontrei de materializar todo o sentimento de gratidão que senti nessa gestação. Optamos por comidinhas caseiras, bolo de vó (sem recheios, desenhos, design elaborado), brigadeiro tradicional (como quando era criança!). Pegamos algumas peças que o Edu tem há anos e demos a elas um toque de frescor.

O cuidado estava nos detalhes: no perfume da casa, no abraço dos convidados, no preparo dos alimentos (o bolo foi desenformado com tanto capricho!), no carinho das palavras.

Muitas de vocês me perguntaram sobre o que tínhamos no Chá para comer. Como comentei lá no Instagram, contratei um buffet de tapioca e foi sucesso total! Adultos e crianças amaram, não teve ninguém que não comeu.

Eram 39 sabores de tapioca salgada e cinco de doce. Feita na hora, massa crocante, recheio fresco, hmmmm, delicioso!

Fizemos também uma mesa de frutas frescas. Morango, uva (ambos unanimidade entre as crianças), kiwi amarelo (o preferido dos adultos), abacaxi e tâmaras.

Na parte dos doces, tínhamos bolos de chá da tarde, esses de vó que comentei acima. Colocamos a cobertura em um recipiente separado – quem quisesse, tinha a opção de colocar sobre seu próprio pedaço. Os docinhos foram brigadeiro tradicional e de churros.

Para beber, tínhamos água, refrigerante (Coca Cola e Guaraná), água de coco natural e suco verde (feito na hora, sucesso absoluto. Foram mais de 10 litros, rs!).

Vamos às indicações, rs! Todos os profissionais que trabalharam para que o Chá do Vittorio acontecesse foram elogiados pelos convidados. Recomendo de olhos fechados! Alguns foram parceria (devidamente sinalizados abaixo), por outros eu paguei como cliente normal.

 

Com esse olhar de gratidão e amor, ao lado da pessoa que me ensinou a ser Mãe, quero agradecer a vocês por participarem virtualmente de momentos mágicos como esse, mandando energia positivas e recados que preenchem o coração. Obrigada, obrigada!

Pode vir, meu filho. Estamos prontos pra te receber e te mostrar o quão lindo pode ser o mundo aqui fora. Amor não vai te faltar!

1 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *