Você está aqui > Home > Elaine na Mídia > Água e “descanso” para aumentar a produção de leite!

14

set

2016

leite-materno

Água e “descanso” para aumentar a produção de leite!

No início desse mês, participei com as crianças de uma matéria que foi ar no jornal Fala Brasil da TV Record afirmando que aqui em casa o que pude perceber nas duas gestações é o seguinte: o aumento da minha produção de leite nunca foi associada a algum tipo de alimento específico, como canjica, bolo de milho, arroz doce etc (menu que minha vó e mãe sugeriram). O que pude perceber na prática é que a ingestão de água ajuda e muito, sempre tenho uma garrafa de água ao meu lado, tomo em média 4 litros por dia quando estou amamentando. Outra coisa que ajuda bastante é o “descanso”.

Aí vem a pergunta: como descansar com um bebê pequeno em casa? e como faz a maioria das mães que não tem ajuda com a casa? e se o bebê não dorme a noite inteira, pelo menos nos três primeiros meses? Só para acalmá-las, digo que aqui em casa estamos no nono mês e o Luigi ainda acorda de madrugada. Por isso, coloco a palavra descanso entre aspas, esse descanso está também associado ao descanso mental, ao relaxamento. Procure fazer algo que relaxe sua mente pelo menos vinte minutinhos ao dia. Vale fazer uma atividade física, ler um livro, ouvir uma música que te acalma, meditar, qualquer coisa que te traga RELAXAMENTO.

Se você não está mais amamentando, mas tem alguém próximo a você que está, ofereça ajuda para que ela possa descansar. Na maioria das vezes, essa pessoa vai dizer que não precisa, olhe nos olhos dela e diga calmamente assim: “Vá ao menos tomar um banho de porta fechada e ouvidos tampados (sem se preocupar com o choro do bebê)”, pode ter certeza que isso já será uma grande ajuda.

O descanso muitas vezes é mais simples e possível do que imaginamos, precisamos apenas permitir que o outro (pai, avós, cunhada, madrinha, ajudante etc) ajude.

Sempre uso/penso na frase que ouvi numa palestra da Cris Guerra : PEDIR AJUDA É BONITO! E eu acrescento: …e só faz bem!

Para ver a matéria que participei clique aqui.